Image

Partilhe : 0     Por e-mail 317

Publicado por :   CBE Emprego   |   Dia : 21-01-2021   |   Gostar   Inicie a sua sessão para gostar e partilhar esta dica

Como pedir e conseguir um aumento salarial?


Acredita que merece ganhar mais? Então tem duas escolhas: mudar para um emprego que pague mais, ou pedir um aumento salarial! Ambas escolhas tem as suas incertezas, e cada uma tem as suas oportunidades. Se gosta da empresa em que está e do trabalho que faz, a segunda opção é mais apropriada. Até mesmo porque o seu empregador pode não saber que está insatisfeito com a sua remuneração, até que lhe diga algo. Muitas pessoas nunca pediram aumento salarial, por sentirem-se desconfortáveis em iniciar a conversa, por estarem com medo de parecer ávidas, ou simplesmente por não saber como pedir. Entretanto, pedir aumento salarial é uma parte normal do trabalho. Não há motivos para deixar de lado uma soma monetária, simplesmente para evitar uma conversa. Aqui vão então alguns pontos para considerar, quando for pedir um aumento salarial.


1. Avalie se é o momento certo

Qual é o estado financeiro da empresa? Se não for bom, então não é momento de pedir um aumento. Como colaborador, é importante que observe sinais como cortes nas despesas, e demissões. De igual modo, avalie a carga de trabalho do seu chefe. Se ele está sobrecarregado, e focado em diversas tarefas, talvez não seja o melhor momento para esta conversa.

Por outro lado, se a empresa em que trabalha, normalmente aumenta salários uma vez por ano, preste atenção na data, e inicie a conversa dois meses antes. Se esperar até que a decisão seja tomada, poderá ser muito tarde para conseguir o seu aumento desejado. Em geral, o melhor momento para fazer este pedido é ao fim do ano fiscal da sua empresa. O ano fiscal é um período de 12 meses, em que as empresas fazem orçamentos e relatórios fiscais. No final desse período, os empregadores provavelmente farão planos de contratação e compensação para o ano seguinte.

 

2. Faça a pesquisa de mercado

Antes de qualquer negociação de salário, conduza uma pesquisa para determinar o seu valor de mercado. Quanto é que o seu trabalho vale? Investigue as tendências salariais de profissionais com empregos, qualificações e responsabilidades similares, na sua área geográfica.

É importante também dar um número exacto como sugestão do novo salário, ao invés de um intervalo de valores. Há que se considerar também que os aumentos são em média de 1% a 5% do salário actual. Não se deve então sugerir um número completamente irrealista.

 

3. Argumente pelas suas contribuições

Tente não destacar razões pessoais. Pode estar a sentir-se exausto e mal pago, pode precisar de mais dinheiro porque a renda da casa subiu, mas esses sentimentos devem ficar de fora da conversa. Os seus argumentos devem basear-se em dados relacionados às suas contribuições para a empresa. Por isso é importante submeter-se constantemente à avaliação do seu trabalho, para manter um histórico do progresso que faz. Discuta os impactos positivos do seu trabalho, de forma quantitativa se possível. Exemplo: “Nos últimos dois meses, consegui trazer para a empresa três novos contratos, através da campanha que criei com o e-mail marketing.”
Porquê o seu chefe deve dar-lhe mais dinheiro? Qual será a vantagem para ele? Poderá ele contar com a sua colaboração durante mais anos? Como pretende continuar a crescer na empresa, se receber o aumento? Estes são pontos que devem estar claros para si, antes mesmo de iniciar a conversa.

 

4. Prepare o que dizer

Quase nunca é necessário fazer uma apresentação de PowerPoint para justificar o seu merecimento do aumento. Uma breve introdução ao tópico, e um pedido claro, podem ser suficientes:

“Gostaria de falar sobre o meu salário. Já passou um ano desde o meu último aumento, e de lá pra cá assumi várias responsabilidades novas. Criei um sistema de gestão automática das pastas burocráticas, o que tem poupado muito tempo à todos os colaboradores da empresa. Acredito que a minha contribuição tem excedido as expectativas, por isso gostaria de saber da possibilidade de um aumento de salário, para reflectir este nível mais alto de contribuição.”

 

5. Esteja pronto para ouvir não

                Se a resposta for não, nem tudo está perdido. Primeiro, porque é uma boa oportunidade de perguntar o que pode fazer, que habilidades deve adquirir e que  responsabilidades deve assumir, para merecer o aumento. O seu chefe deve saber explicar o que você precisa fazer para receber mais. Segundo, porque é também uma oportunidade para pedir uma avaliação regular do progresso do seu trabalho.  Pode também pedir que o seu chefe defina uma data, na qual possam voltar a falar sobre o aumento. Caso o aumento salarial não possa ser efetuado, considere pedir outros benefícios como horário flexível, férias, ou oportunidades de desenvolvimento profissional. 

Independentemente de como tenha sido a conversa, agradeça ao seu chefe pelo tempo dispensado. Crie um e-mail com o resumo com os pontos discutidos, para que a conversa fique registrada, e possa ser referenciada no futuro. Pedir um aumento salarial, é uma forma de aprender a advogar por si mesmo, compreender e apreciar o seu valor.